sexta-feira, fevereiro 25

Um Carnaval que vale muito (para poucos)

"Batuqueiro que baque é esse?
É o baque de nossa alteza
E não há mais que outro baque
Ó senhor, mas é só tristeza"
(Verde Mar de Navegar)

Chega de Capiba e chega de baques.
Vou me fantasiar de Eva no carnaval! E eu quero o meu Adão!

Sou Adão e você será...
Minha pequena Eva
O nosso amor na última astronave
Além do infinito eu vou voar
Sozinho com você

E o Carnaval 2011 de Pernambuco, hein?
Quem quer dançar na boquinha da garrafa? Sem a Carla não tem graça! Quem quer ver o "Cumpadi" Washington?

E a densidade do Art Popular?

Quando você me beija
Você me beija
Quando você me beija
Você me beija...

Perfeito para o clima carnavalesco. Fico "incrível"!!

A Secretaria de Turismo diz que 71% da grade do carnaval é composta por artistas pernambucanos. Pergunto: 71% da grana injetada para contratação de artistas no carnaval vai para os artistas pernambucanos?

Fico pensando sobre esta parceria entre turismo e cultura e como se dá isto em Pernambuco. Porque o nosso novo Secretário de Cultura perdeu o carnaval? A Fundarpe tem mais vida duvidosa que a Empetur? Bom, vida duvidosa combina com carnaval!!!
E que tal estreitarmos a relação entre cultura e educação, Sr. Governador?

E acho bom o Pacto pela Vida trabalhar direito porque algumas bandas gostam de dar uns "tapinhas" nas mulheres, né?
Um carnaval que vale por muitos esculachos!

Os artistas ontem se reuniram na Torre Malakoff para um protesto.
Depois os pernambucanos reclamam que nada muda, muda sim, pra pior!!
Nós fazemos o maior e o melhor carnaval baiano fora da Bahia! E nem de perto é o que a Bahia tem de melhor... E, olhe, que a Bahia tem!

Abaixo o manifesto, segunda tem mais. Vamos?


Governador do estado de Pernambuco

Nós, músicos, compositores, produtores musicais, arranjadores, produtores culturais, pesquisadores pernambucanos, representantes de entidades civis e artísticas, entidades, associações, sindicatos e coletivos com atividades voltadas para área musical, reunidos na Torre Malakoff, no dia 24 de fevereiro de 2011, das 09 às 12h.

Considerando a importância da atual historia da música pernambucana como extensão representativa da sociedade civil, organizada, para construção e implementação de políticas públicas voltadas para o segmento musical como meio de intensificar possibilidades inerentes a tais profissionais;

Considerando a necessidade de continuarmos avançando nos aspectos atinentes a toda cadeia produtiva da música, sobretudo na busca da auto-sustentabilidade da produção musical local, com atenção a seguinte síntese indicativa:

- Valorização e valoração do Profissional, apoiando suas entidades representativas e coletivos;

- Eventos democratizadores (igualdade de possibilidade de trabalho, entre todos);

- Fundamentar ações para Geração de Renda entre músicos, como meio de fomentar nova consciência artística.

Considerando os compromissos assumidos pelo Governador durante o período de campanha eleitoral, dos quais, dentre outras conquistas, temos o instrumento de Edital Público como meio de acesso à participação dos artistas nos eventos culturais promovidos pelo estado;

Solicitamos esclarecimentos sobre:

1. Descumprimento do Edital de Convocação publicado pela FUNDARPE/Secretaria de Cultura para contratação de artistas para o Carnaval/2011;

2. Como se deu a formatação da grade programação do Carnaval/2011 divulgada recentemente pela EMPETUR, cujo conteúdo encontra-se em desacordo, inclusive, com os principio norteadores da política cultural construída nos últimos anos.
Recife, 24 de fevereiro de 2011.

Paula de Renor - APACEPE

Tereza Accioly -SOFOPS (Sociedade dos Forrozeiros)

Luciano Brayner - COMISSÃO SETORIAL DA ESCUTA DA MÚSICA DE PERNAMBUCO

Gabi Apolonio - MOVIMENTO DO SAMBA DE PERNAMBUCO

Marcia Xavier - UBC (União Brasileira de Compositores)

Alex Mono - FÓRUM PERMANENTE DA MÚSICA DE PERNAMBUCO

Ivonaldo Von - Ass. Das Orquestras de Frevo do Estsado de PE (FREVO PE)

Betinho - Movimento Popular (Grupo COMPASP)


Veja a programação do Carnaval 2011 (quando colocarem no ar, né?!).

Boa sorte para nós!

Até!

Viviane Bezerra

Nenhum comentário: