sábado, novembro 12

quinta-feira, julho 28

emTrans(e)ito - Fotoclip - Orlando Nascimento

A proposta foi construir através da fotografia, alegorias sobre questões que nos circundam; uma apropriação plástica e poética da realidade.
Assim como os volumes de feno na série de fotos, desejo trazer as imagens dos indivíduos em transe profundo, divididos em série e encorajados a acreditar que submetidos as normas sociais vigentes, estão em trânsito comum à um futuro melhor para sua comunidade e Planeta, quando apenas estão sendo condicionados pela Mídia, Educação e Religiões a valores obsoletos e desestruturantes. Que ao meu ponto de vista nada mais são que alicerces da imprevisível e cada dia mais insustentável situação que aí esta. Veja, medite e reaja! Orlando Nascimento







segunda-feira, abril 18

Paralelas do Tempo

Em breve a TV TRUPE estará colocando na rede, um especial sobre a mais nova pesquisa realizada pela Companhia Fiandeiros de Tetro - PE, que busca através do tema: Paralelas do tempo - A teatralidade do não ser; dialogar com os conceitos de vida e morte, criador e criatura, humano e divino, construídos a partir da visão de mundo das pessoas consideradas invisíveis pela nossa sociedade, buscando a teatralidade na essência do universo das ruas do Recife. Esta no forno! http://companhiafiandeiros.blogspot.com/

Paralelas do tempo por trupedecopas no Videolog.tv.

segunda-feira, março 28

Uhú Dona Lindu!

Gente, gente, e o Dona Lindu?
Não tem mais que duas árvores. Hoje tudo é sustentável, tá na moda, da cadeira ao Itaú! Mas, não é muito sustentável esse Parque... Contudo tem os retirantes!
E o mar? Tá chegando com tudo. Ontem me assustei com o avanço do mar... Mas, não interessa, em 2012 tudo vai acabar mesmo, menos o Abelardo da Hora que é o máximo.
O show de Lenine foi legal, mas a Sinfônica é meio mono, não acham?
Sei lá, falta algo. Vai ver falta eu entender de música... Ou não.
E os fogos de artifício? Por conta deles quase que Val Lima se estrepa! Queimadura na pálpebra e lesão na córnea.
É, são os profissionais pirotécnicos contratados pela Prefeitura do Recife.

O Parque é bonito, o Niemeyer desenhou bem, o acabamento é que tá mais ou menos.
Bom é ver crianças brincando, correndo, levando tombos com seus skates. Bom é ver as senhorinhas sentadas vendo o Lenine, tomando uma brisa.
É um espaço bacana pra cidade, espero que todos os cidadãos usufruam bem.
Bom é ter um espaço público bem cuidado, planejado para acolher aqueles que moram e visitam a cidade. Bom é circular num lugar limpo com opções de lazer. Bom é juntar isso tudo com a arte.
Que tal mais parques espalhados por Recife? Parques com museus, galerias, teatros, brinquedos... Que tal um parque assim no Ibura ou em Nova Descoberta? Bem, pode ser diferente, por que todo lugar tem suas particularidades, né? Mas, seria bem bom. E a gente merece, né?!

Vamos vendo.

Até!

Viviane Bezerra

quinta-feira, março 24

Festival de Literatura e Mídia Digital

Divulgando o Festival de Literatura e Mídia Digital.

Com o advento das comunicações digitais (blogs,sites,e-books,prensagens de CDs) ou mesmo tecnologias que proporcionam maior acesso às publicações (as gráficas rápidas) estão se constituindo num espaço democrático de fruição literária onde os escritores,jovens ou não,conseguem publicar seus trabalhos. As poucas experiências neste sentido já realizadas proporcionaram, com o advento das novas tecnologias, maiores facilidades de produção e difusão cultural, interferindo diretamente no acesso do escritor a novos mercados e a novas ferramentas de divulgação de suas obras,via novas mídias. Embora a inclusão digital seja insuficiente, muitos jovens autores, já conseguem,através de lan houses ou internet gratuita,acesso à novas produções literárias e publicação de suas obras.
O FESTIVAL DE LITERATURA E MÍDIA DIGITAL refletirá a literatura da periferia, chamada de poesia marginal, e sua interface com a COMUNICAÇÃO VIRTUAL ou novos canais de comunicação. O objetivo é o intercâmbio entre escritores da comunidade e outros mais experientes, numa profícua troca de saberes literários.
A programação consta de mesas redondas, conferências,mostra de experiências,mostra de cinema e literatura, oficinas literárias, concurso de poesia para estudantes de escolas públicas, lançamentos de livros,recitais.
Pretende-se levar estudantes, professores, escritores e público em geral para o Centro Cultural dos Correios do Recife, mostrando a forte influência da poesia nos bairros de periferia e escolas serão convidadas a participar de todas as atividades.
Já estão confirmadas as presenças de Heloísa Buarque de Holanda, professora aposentada da UFRJ, organizadora de diversas antologias de poetas marginais e também virtuais; e Ramon Melo, poeta e professor de literatura do RJ. Haverá também a presença de escritores e críticos de literatura locais nos debates e demais atividades do festival.


PROGRAMAÇÃO PROVISÓRIA

Data: 29, 30 e 31 de março de 2011.
Local: Centro Cultural dos Correios-Recife

Curador e coordenador geral: André Cervinskis.
Produção Executiva/Administrativa: ADCE Produção Cultural.


TERÇA-FEIRA 29:

8 às 12h - Oficinas:

Poesia – Ramon Mello
Como organizar um blog literário? Helder Herik e Leonardo Branco


19 às 22h

-Mesa de abertura;
- Homenagem a LUCILA NOGUEIRA e ANGELO MONTEIRO;
- Apresentação Vozes Femininas;
-Recitais.


QUARTA-FEIRA 30

9 às 13h

Oficinas:

Poesia- Ramon Mello
Como organizar um blog literário? Helder Herik e Leonardo Branco


14 às 16h.

14h-Mesa: Literatura e inclusão digital – Cida Pedrosa e Wellington de Melo
Mediador: Leonardo Leão
16h-Mesa: Literatura e periferia – Lara e Raimundo de Moraes
Mediador: Bruno Piffardine

18 às 20h

- Apresentações artísticas, recitais e lançamentos de livros.

QUINTA-FEIRA 31:

9 às 11h
Mesa redonda: Literatura e Cinema – Fernando Monteiro e José Carlos Targino
Mediador: Michel Zaidan Filho
11 -12h: lançamentos de livros


14 às 16h:
O livro digital e os direitos autorais - Antônio Campos (IMC) e representante do Ministério da Cultura
16 às 18h:
Como organizar uma antologia virtual? Crítica e editoria literária - Heloísa Buarque de Holanda



18 às 20h:

Entrega dos premiados no CONCURSO DE POESIA VIRTUAL LUCILA NOGUEIRA PARA ESTUDANTES DE ESCOLAS PÚBLICAS

- Visitação ao ESPAÇO MIDIÁTICO (escolas)
-Cinema e Literatura-exibição de curtas (AURORA FILMES - Sandra Ribeiro);
-Lançamento de livros;
-Mostra de Experiências Literárias - bibliotecas comunitárias, instituições públicas, livrarias e editoras.

Fonte: André Cervinskis

quarta-feira, março 23

Ave Palavra - um projeto de Leituras Dramáticas

O projeto Ave Palavra, tem como proposta desenvolver leituras de textos teatrais de importantes autores da história e da contemporaneidade do teatro e, para começar, escolhemos as belas obras de Shakespeare.
Em setembro de 2010 apresentamos a leitura de Noite de Reis. Neste ano mais três peças serão lidas.
O vídeo abaixo mostra um pouco deste novo projeto da Trupe.

Aguardem que novas parcerias trarão novidades ao Ave Palavra!


terça-feira, março 22

Pensei em Recife.

Ontem vi uma propaganda sobre um super condomínio de luxo que estão construindo em Recife, mais um desses feitos para o pessoal que tem grana. Fiquei com a impressão que muitos parecem viver num mundo paralelo, num espaço artificial, construído "para você e sua família realizar o sonho de ser feliz". São tantos slogans para vender a "casa dos seus sonhos", que me pergunto onde perdemos a mão e o bom senso em questões como igualdade social na nossa cidade?

Você conta com 4 suítes dentro de casa, área de lazer com piscina (para adultos e crianças), salão de festa, quadra de futebol, basquete e tênis, pista de skate, 3 garagens, academia, sauna, mini supermercado e píer. Dali, você pega seu carro blindado e sai para seu restaurante predileto, deixa o carro com o manobrista (claro!), e faz sua refeição sem nenhum incomodo. Você também pode ir ao shopping e fazer compras (esqueça a C&A e a Riachuelo, por Deus!!) e depois retornar ao seu lar. Parece o Show de Truman!
Sem falar em todo o investimento na segurança do patrimônio. São câmeras e mais câmeras, cercas elétricas, seguranças armados, portaria blindada, e a polícia parece estar sempre mais a disposição para os do Maurício de Nassau e Duarte Coelho do que para o pessoal do Alto Santa Terezinha.
Me pergunto o que na verdade estamos protegendo enquanto sociedade?

Puxando bem a discussão para o Recife, fico pensando se alguns recifenses percebem a cidade. Recife do alto é uma linda cidade com seus rios e pontes, e uma música ao fundo de Lenine ou de Alceu. Aqui, de baixo, quanto emparelhamos as coisas, vemos todo o tipo de miséria pelas ruas e um povo com medo de ser violentado. Os espaços públicos estão descuidados e estão sumindo, parece que a Moura Dubeux vai comprar tudo! Um cadeirante não anda pelas calçadas de Recife. O lixo está espalhado por todo o centro da cidade. O trânsito está um inferno da zona norte a zona sul. A água do Capibaribe lembra petróleo por sua cor e consistência.

Lembrei de um filme, não é nacional mas trata muito bem destas questões de segregação social que tantos conhecemos. La Zona (Zona do Crime), é um filme mexicano que mostra um pedaço do primeiro mundo envolto por favelas. Vale a pena ver. Não há inocentes. Há riqueza e há pobreza.

Pensar e sentir Recife é refletir sobre o ter e o possuir, desde o básico até o mais incrivelmente supérfluo, e a diferença disso na construção do ser humano. É importante pessoal e senhores governantes, amparar quem precisa, quem de não ter nada precisa de verdade de tudo. E precisa com qualidade.
O carnaval passou, mas o samba não é de época, né?! Então, lembrei desse do Elton de Medeiros que diz assim:
Uns com tanto
outros tantos com algum
mas a maioria sem nenhum.

Boa sorte pra nós!

Até!

Viviane Bezerra

quinta-feira, março 17

A Bethânia, a Trupe, a poesia e o caminhão.

E o novo projeto para o blog da Trupe custa R$ 250 milhões.
Calma, calma! Se aprovado na Lei Rouanet ainda tentaremos captação através da iniciativa privada, o que, obviamente, está mais que garantida! Por que?
Bom, primeiro pelo teor do projeto:
Vamos produzir vídeos (com direção de Maria Clara Camarotti) interpretando frases de parachoque de caminhão.
"Tua inveja é minha felicidade".
"A vida só tem uma porta de entrada, mas várias de saída".
"A pior sexta-feira ainda é melhor do que a melhor segunda-feira".
"A solidão é um caminhão na contramão e se não desviar dele é uma cacetada no pára-choque do coração".


O segundo motivo para aprovação de nossos vídeos é que a Trupe tem um elenco estrelar, vai ser fácil conseguir que a comissão nacional de incentivo à cultura aprove nosso modesto projeto. Afinal, se não discriminam a Bethânia por ser famosa, porque discriminariam nós outros que somos um pouco menos conhecidos? Nós estamos aqui trabalhando, desenvolvendo ideias, divulgando produções. Temos a TV Trupe, com nosso Orlando Nascimento a frente, temos poesia também no blog, é realmente uma questão de tempo para os 250 milhões chegarem.

Mas estas aprovações milionárias de projetos de famosos não são novidades, né?
Brincadeiras a parte, a competência de uma artista como Bethânia e todos os profissionais ao seu redor não se discute, e ela como cidadã tem o direito de concorrer em qualquer Lei de Incentivo à Cultura, mas como concorrermos todos em pé de igualdade? Será que isso é possível? Será que esta Comissão de Seleção aprovaria um projeto tão caro de um artista desconhecido? O que de fato é analisado? Qual o empresário que vai escolher financiar projetos de anônimos podendo estampar sua marca ao lado da Bethânia? O incentivo a produção cultural esta na mão de quem?

Bom, sinceramente, são tantas perguntas sobre a política cultural que parece uma lista sem fim, mas também são tantas frases de parachoque de caminhão que teremos trabalho até o fim da vida! Uhú!
O mundo precisa de poesia? Sim! E precisa de igualdade, diversidade, justiça, arte, financiamento, ideologia, oposições...
Condições igualitárias para produções artísticas pode ser uma utopia, mas bem que o mundo também está precisando disso.

Para saber um pouco mais sobre o blog da Bethânia clique aqui.
E já tem gente colocando poesias na web por R$ 1,00! Clique aqui.

Evoé!

Até!

Viviane Bezerra